Centro Cultural Portugues

Os Lusíadas

Autor: Luíz de Camões.

Coleção: Centro Cultural Português de Santos.

Data: 1880.

Dimensão: 40 x 32,5 cm.

Restaurado em 2021 numa parceria entre o Centro Cultural Português e a Fundação Arquivo e Memória de Santos.

Os Lusíadas

Considerada a obra mais importante da literatura de língua portuguesa, a obra prima de Luís Vaz de Camões foi publicada pela primeira vez em 1572. Sua ação central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama, à volta da qual se vão evocando outros episódios da história de Portugal, glorificando o povo português.

Ofertada ao Centro Cultural Português pelo seu presidente perpétuo, o Sr. Manuel Homem de Bittencourt, a edição de luxo de 1880 foi impressa na cidade de Leipzig na Alemanha, e possui uma dedicatória do editor Emílio Biel ao imperador Dom Pedro II.

Essa é uma edição «crítica-comemorativa», que prima pela qualidade de suas gravuras em metal, onde são retratadas algumas das passagens dos capítulos, e onde o artista Antonio Fernandez se referenciou para a execução das telas que compõem o forro do Salão Camoniano. É uma obra rara, com pouquíssimos exemplares. O Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro, assim como o Centro Cultural Português, também possui dois exemplares que estão em exposição pública protegidos em uma vitrine, na área de visitação da biblioteca.

 

ALVES, Maria de Fátima Pereira; QUARESMA, Maria Luiza; GOMES,Maria dos Anjos R.; TEIXEIRA, Maria da Conceição Souza; de ALMEIDA, Zilda Ventura; GOMES, Fernanda Pires; da SILVA, Emerson Franco Rocha. «Centro Português de Santos e seu Centenário».

Impressão: A Folha Cultural – Oliveira de Azeméis, Portugal. 1995.

WIKIPEDIA CONTRIBUTORS. Os Lusíadas. Disponível em:

<https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Os_Lus%C3%ADadas&oldid=67321363>.

AIDAR, L.; FUKS, R. Os Lusíadas de Luís de Camões (resumo e análise completa). Disponível em: <https://www.culturagenial.com/os-lusiadas-de-camoes/>. Acesso em: 19 fev. 2024.